Voltar

Novo Standard ASHRAE fornece método de teste sobre a determinação ganho de calor de equipamentos

ATLANTA – O uso crescente de cargas de tomadas em edifícios, bem como dados insuficientes sobre a quantidade de energia que geram apresentam um desafio para os engenheiros para determinar a melhor forma de arrefecer um edifício.

Orientações para enfrentar esse desafio estão contidas em um novo Standard da ASHRAE. ASHRAE / ANSI 203-2014, método de ensaio para a determinação do ganho de calor de equipamentos de escritório utilizado em edifícios, prescreve métodos de teste para determinar o intervalo e média de ganho de calor no funcionamento de equipamentos elétricos, para uso em cálculos de carga de térmicas. A norma aplica-se a carga de tomada do tipo equipamento elétrico.

Cargas de tomada (computadores, monitores, impressoras, projetores, etc.) são estimados para usar entre 20 a 50 por cento da energia utilizada na construção. Elas evoluíram para se tornar uma porcentagem maior de calor global de um edifício.

Dois fatores são responsáveis por esse aumento, de acordo com Glenn Friedman, presidente da comissão da Standard 203.

"Em primeiro lugar, ao longo do tempo, o uso do computador continuou a aumentar, resultando em um número muito maior de computadores pessoais em edifícios", disse ele. "Em segundo lugar, os avanços nas técnicas de construção melhoraram a envoltória e reduziram o percentual de carga da envoltória na carga térmica."

Engenheiros otimizaram a seleção de equipamentos de climatização através da realização de cálculos de carga de resfriamento. Os ganhos de calor internos de cargas de tomada são uma parcela significativa desses cálculos.

"A maioria das cargas de tomada operam em uma porcentagem da potência de sua placa de identificação, como resultado produzem uma carga térmica significativamente menor que a prevista pelos engenheiros", disse ele. "Isto pode resultar em sobre dimensionamento dos equipamentos de ar condicionado, o que resulta em custo inicial adicional para o equipamento bem como maior custo operacional."

Friedman observou que os engenheiros enfrentam vários desafios quando se trata de determinar o ganho de calor do equipamento. Como não existem normas para estabelecer como o consumo de energia ou de rejeição de calor dos equipamentos ligados na tomada, é difícil para os engenheiros usar com precisão os dados em seus cálculos de carga térmica. ASHRAE financiou pesquisa para desenvolver um método de ensaio e um método de teste para medir o calor rejeitado dos equipamentos ligados na tomada. Além disso, equipamentos ligados na tomada é um mercado em constante evolução que requer envolvimento continuo com o mercado, de modo que o design do equipamento muda frequentemente e exige novos ensaios para o consumo de energia e geração dos dados de rejeição de calor para uso no cálculo da carga térmica.”

O custo da Standard 203-2014, método de ensaio para a determinação ganho de calor de equipamentos de escritório utilizado em edifícios, é de U$ 41 (U$ 35 membro). Para fazer o pedido, entre em contato ASHRAE Customer Contact Center pelo 1-800-527-4723 (Estados Unidos e Canadá) ou 404-636-8400 (a nível mundial), fax 678-539-2129, ou visite www.ashrae.org/bookstore.

ASHRAE, fundada em 1894, é uma sociedade humana global, avançando bem-estar através da tecnologia sustentável para o ambiente construído. Foco mundial da Sociedade e dos seus mais de 50.000 membros em sistemas de construção, eficiência energética, qualidade do ar interior, de refrigeração e de sustentabilidade. Através de pesquisa, escrita de normas, publicação, certificação e educação continuada, ASHRAE molda amanhã o ambiente construído hoje. Mais informações podem ser encontradas em www.ashrae.org/news.

Versão em Português Unofficial por Gerardo Alfonso - Capítulo Colômbia

Revisado por Pedro Hoffmann – Brasil Chapter

Voltar